SOLUÇÕES E TENDÊNCIAS PARA AS TELCOS

A utilização dos recursos de biometria para a proteção dos clientes e das atividades
operacionais torna-se mais do que uma opção tecnológica, uma necessidade premente das operadoras.

A autenticação biométrica pode reduzir em até 50% os custos associados às questões referentes a senhas como redefinições, solicitações de help desk e suporte a chamadas, de acordo com a consultoria Gartner. Para se ter uma ideia, uma empresa de médio porte gasta US$ 180.000 por ano e perde 1.000 horas / ano em trocas de senha por mil usuários finais.

Algumas tecnologias biométricas, como impressão digital e autenticação de voz, são bastante maduras, especialmente em mercados internacionais.

A expansão de soluções de biometria – que sofreu um salto tecnológico importante, nos anos 1990, e começou a se popularizar no mundo, a partir de 2000 – tem sido significativa ao longo dos últimos dois anos. As vendas globais, que em 2016 movimentaram US$ 2,4 bilhões, deverão chegar a US$ 15,1 bilhões até 2025, segundo estima a consultoria norte-americana Tractica.

Os smartphones têm contribuído para a disseminação das soluções de biometria ao redor do mundo. O fato de trazerem sensores de impressão integrados aos seus dispositivos liberam o usuário de memorizar a senha para ter acesso ao conteúdo.

Até 2021, serão mais de 2 bilhões de celulares com esse tipo de tecnologia espalhados globalmente, o que certamente contribuirá para propagar o uso da biometria em todos os continentes, segundo estudos da ABI Research.

Acesse o estudo completo sobre soluções e
tendências para os Telcos.

Clique aqui para acessar