Breadcrumb navigation

Aeroportos inteligentes A Revolução do Transporte

SABE QUANTOS BILHÕES DE PASSAGEIROS VIAJARÃO DE AVIÃO ESTE ANO?

Os aeroportos do mundo todo nunca estiveram tão movimentados, assim como o espaço aéreo. Somente em abril de 2017, a demanda por viagens aéreas teve a maior taxa de crescimento em seis anos, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA). A Rússia publicou a taxa mais rápida de crescimento para voos domésticos no mesmo mês, seguida pela Índia. Este ano, a IATA prevê que aeronaves comerciais transportarão, aproximadamente, quatro bilhões de passageiros. Além disso, o rápido crescimento de viagens aéreas em mercados emergentes (especialmente na Ásia) significa que os números continuarão a aumentar a uma taxa alarmante.

“O tráfego aéreo continua a dobrar a cada 15 anos e provou-se, ao longo do tempo, notavelmente resiliente a eventos externos. A capacidade em muitos grandes centros já foi ampliada e essa tendência aumentará quando mercados menos maduros passarem a atender à demanda. Pontualidade e velocidade de liberação de passageiros são afetadas pelos limites de capacidade”, disse o diretor de estratégia do Departamento Internacional de Aviação, Paul Lyons.

Com base nessas estatísticas surpreendentes, controlar o tráfego aéreo tem se mostrado, compreensivelmente, uma tarefa mais complexa e desafiadora do que nunca. Adicione fatores externos, como possíveis ataques terroristas e condições climáticas extremas, e o tráfego aéreo se torna assustador e perigoso – além de um dos trabalhos mais difíceis que existe. A tecnologia por trás do transporte aéreo é também uma heroína anônima. De sistemas de radar e vigilância, a equipamentos terrestres e via satélite, e sistemas de aterrisagem, a tecnologia da informação e comunicação (TIC) mantém seguros nossos aeroportos e espaços aéreos.

Em terra, a próxima geração de TI também mantém aeroportos seguros e confortáveis para os viajantes, além de apresentar um impressionante potencial para o futuro do transporte aéreo. O advento dos passaportes eletrônicos foi um passo na direção certa, mas com o uso combinado de inteligência artificial e soluções de processamento automatizadas nos controles fronteiriços acelerará os procedimentos em aeroportos congestionados. Capturas biométricas podem incluir reconhecimento de face, olhos e impressão digital. Podem ser a diferença entre uma experiência entediante e estressante no aeroporto e uma sem complicações. Biometria permite que os viajantes transitem facilmente pela imigração, sem que sua segurança ou privacidade seja comprometida. Segundo o Departamento de Imigração Regional de Tóquio, a biometria oferece resultados precisos e imediatos e mantém os países em segurança:

“Conforme o terrorismo internacional torna-se mais grave, são necessárias contramedidas adicionais para fortalecer as fronteiras e prevenir a entrada de terroristas. Desde outubro de 2016, estamos comparando imagens faciais de terroristas com imagens recebidas de estrangeiros nas verificações de chegada em aeroportos e portos marítimos em todo o país”, disse o supervisor, Takayuki Sakairi.

Outra fascinante tecnologia que está surgindo tem o potencial para revolucionar a segurança nos aeroportos e é chamada “Crowd Behaviour Analysis” (análise comportamental das massas). Lançada pelos melhores especialistas japoneses em soluções de TIC (da NEC), essa tecnologia pioneira consegue analisar dados em tempo real por meio de câmeras de segurança em aeroportos para detectar qualquer fenômeno anormal em massa, como aglomerações ou pessoas em fuga. Os aeroportos que optarem por usar essa tecnologia terão o poder de deter uma ameaça antes de ela se tornar um desastre.

Com essas demandas persistentes nos aeroportos, o futuro do transporte aéreo deve ser tanto seguro quanto eficaz. Em uma sexta-feira à tarde, entre 14h e 16h UTC (tempo universal coordenado), em julho ou agosto, mais de 16.000 aeronaves podem estar no ar ao mesmo tempo no mundo todo, segundo o FlightRadar24. Viajamos pelo ar por mais de 103 anos, mas os desafios aumentam a cada dia. Não será o homem, mas sim a tecnologia que conseguirá lidar com esses desafios no futuro — e vencer.

Video

O PASSAPORTE PARA O FUTURO? VOCÊ!

O uso inteligente do “big data” (grande conjunto de dados) pode tornar a experiência de um passageiro mais rápida e agradável. A tecnologia de reconhecimento facial agiliza o tempo de processamento do passageiro e previne congestionamentos nos pontos de verificação. Descubra como o seu rosto pode substituir o seu passaporte.

Infographic

AEROPORTO INTELIGENTE DO FUTURO

O crescimento da aviação comercial em detalhes

EL AEROPUERTO INTELIGENTE DEL FUTURO

PDFLEIA MAIS